17 de setembro de 2011

Saiba o tempo que o Windows leva para arrancar ou encerrar


Para iniciar o processo de visualização do tempo que leva o Windows a arrancar, devemos por abrir o visualizador de eventos do Windows. Para isso no menu iniciar, escrevemos event ou visualizador, o que sugira para abrir: Visualizador de Eventos do Windows.

Ao escolhermos o Visualizador de Eventos do Windows será aberta uma janela desta aplicação. Devemos procurar na coluna da esquerda o seguinte registo:
Registo de Serviços e Aplicações -> Microsoft -> Windows -> Microsoft-Windows-Diagnostics-Performance -> Operational

Ao chegarmos nesse registo devemos seleccioná-lo e escolher na coluna da direita da janela do Visualizador de Eventos a opção Filtrar Registo Actual.

Neste ponto devemos diferenciar o tipo de tempo que pretendemos verificar. Os passos abaixo são os necessários para a visualização do tempo de arranque ou o tempo de encerramento. 

Tempo de Arranque:

Ao seleccionarmos a opção indicada, será aberta uma nova janela onde devemos seleccionar os seguintes dados:

Nível de evento: Aviso
ID de evento: 100 – Este é o código associado ao arranque do Windows

Da lista de eventos que forem apresentados devemos escolher o mais recente. Se necessitarmos de verificar um arranque mais antigo, escolhemos então essa data.
Os dados apresentados nesse registo são fáceis de interpretar. O valor que procuramos está logo no início da janela aberta e está representado como Tempo do Arranque. Esse tempo está expresso em milissegundos pelo que para termos o valor em segundos basta que dividirmos o valor por mil.

Tempo de encerramento:

Para detectarmos e verificarmos o tempo que o nosso Windows leva a encerrar, devemos seguir os mesmos passos, mas apenas com uma alteração. O código associado ao ID do evento deve ser o 200. Este é o código associado ao evento encerrar do Windows.

Mais uma vez devemos escolher a data mais recente para vermos o tempo de encerramento mais recente. Podemos também ver outras datas para verificar encerramentos anteriores.

Podemos usar esta dica para vermos com elevado grau de precisão o tempo que o nosso Windows leva a encerrar e a arrancar. Podemos naturalmente comparar com outros sistemas operativos, e assim termos dados que nos permitam garantir qual dos S.O  é efectivamente o mais rápido.