10 de fevereiro de 2014

Tom Cleverley está determinado a provar aos críticos que estão errados


FONTE: #ASKCARRICK

Tom Cleverley está determinado a provar aos críticos que estão errados, depois de ter sido nomeado o ' bode expiatório' do Manchester United.

Tom Cleverley respondeu sobre as questões colocadas para o seu colega do equipa do Manchester United, Michael Carrick, durante um fórum organizado pelo Twitter do programa na semana passada :

#askCarrick : "Se você tirar um jogador da equipe , como você diria ao Cleverley ?".

#askCarrick : " Você assiste o Cleverley a treinar para se sentires bem? "

 #askCarrick : " Se você pudesse viajar no tempo . Você mataria o Hitler ou impedirias o Cleverley de nascer ? "

Tom Cleverley respondeu : " Eu fiquei triste sim, mas é algo que você tem que aprender, acontece quando a sua equipa não está bem.

"Meu trabalho está sob o radar, às vezes. Eu não sou um jogador que vai fintar três ou quatro adversários e rematar no canto superior ou entrar determinado ao defender, impondo o físico,  como foi o Roy Keane .

Eu gostaria de ter os fãs do meu lado, dói um pouco quando você cresceu no clube, e ama o clube tanto quanto os fãs.

Mas há outras pessoas na equipa que passaram por esse tipo de coisa, e eles ultrapassaram a questão e brilharam no clube. Eu tenho que olhar para essas pessoas. Eu aprendi a levar com uma pitada de sal e eu tenho certeza que ele vai me fazer mais forte para o resto da minha carreira.

Eu sinto que fui feito o bode expiatório. Algumas pessoas na mídia certamente parecem ter uma percepção de que eu não faço muito na equipa.

Não me interpretem mal, eu sei que posso fazer melhor, mas as pessoas estão a fazer uma grande alarido sobre como eu não marco golos suficientes, quando isso não é necessariamente a minha primeira função na equipa.

Eu assisto muito futebol espanhol . Se eles passam a bola para os lados, mas mantêm a posse da bola , os fãs aplaudem eles. Sua atitude é que, enquanto você tem a bola, o outro time não pode feri-lo .
Eu sei que a mentalidade é diferente aqui, e é isso que torna o nosso jogo, o melhor do mundo, porque é mais intenso. Mas às vezes eu tenho que não ouvir e fazer o meu jogo, porque eu sinto que estou fazendo o melhor para a equipe.

A minha confiança tem estado um pouco baixa nesta temporada. Não há nada pior para um jogador do que ser assobiado e excluído pelos seus próprios fãs .

Eu não me importo de ouvir de outros 19 times da Premier League . Mas quando se trata de seus próprios fãs , dói muito mais .

Os fãs em Old Trafford têm sido magnífico. É apenas o ruído de fundo que você não pode deixar de ouvir quando você é um jogador do Manchester United .

Você tem que aprender a não levá-lo a peito. Você tem que se lembrar que você tem -se nesta posição através do talento e do trabalho duro.

Minha pele é muito mais espessa agora. Eu entro em todos os jogos com uma cabeça clara. Você apenas tem que superar os tempos difíceis.

A história deste clube é sobre lutar, perder, e voltar mais forte, e eu estou absolutamente determinado que o meu futuro é aqui, e que eu vou lutar para ele.