17 de setembro de 2011

Kidswirl, o Facebook para as crianças



Toby Clarkal, criou o KidSwirl de forma que as crianças pudessem estar mais protegidas de eventuais perigos da Internet. Com uma aparência muito semelhante ao Facebook, para que os utilizadores se adaptem mais facilmente, o KidSwirl tem como principal objectivo a Segurança das Crianças. Para que isso seja possível, a rede social impede que se escrevam asneiras (palavrões), palavras ofensivas, de cariz sexual, entre outras que possam ser inadequadas para crianças. Outra característica do KidSwirl é a capacidade dos pais das crianças poderem fazer sugestões para a rede ou sinalizar conteúdos impróprios que nela se encontrem.

Os pais podem ainda acompanhar, e controlar, o que os seus filhos fazem no KidSwirl. Desta forma, é mais fácil acompanhar o que os filhos escrevem, com quem falam, que imagens colocam nesta rede social. Ao saber que a rede Facebook não permitia utilizadores até aos 13 anos, e sabendo o impacto que a rede social tem nos dias de hoje, Toby Clark criou então o KidSwirl para que as crianças pudessem, de forma mais segura, usufruir também de uma rede social. Esta rede logo no registo mostra ser diferente, pois para se criar um perfil no KidSwirl, o utilizador deverá, invés do seu e-mail, fornecer o e-mail de um dos progenitores. Outro ponto positivo desta rede social, é a inexistência de aplicações que invadem o nosso perfil, tal como o FarmVille.