12 de dezembro de 2011

Pepe Guardiola deu lição de táctica ao José Mourinho


O treinador do Barcelona, Pepe Guardiola, demonstrou um grande rigor táctico ao treinador da equipa adversaria, Real Madrid, José Mourinho, no ultimo jogo entre estas duas equipas. Além do um jogo atractivo com muitos passes, e arrancadas feitas a partir do meio campo, Pepe Guardiola, deixou confuso José Mourinho com a táctica apresentada pela sua equipa, deixando este a perguntar-se: "Qual é o sistema táctico deles?, quem é o lateral?, quem é o ponta?, etc.". A confusão instalou-se na segunda parte do jogo, quando as respostas mudavam em cada contra-ataque, o que obrigou José Mourinho a realizar 3 substituições em menos de 10 minutos.

O 4-3-3 que o Barcelona começou o jogo, já era diferente do que terminou, e o 3-4-3 também foi utilizado. Sérgio Busquets começou o jogo começou com extremo, e terminou o jogo como defesa. Puyol jogou no centro e nas laterais da defesa. Daniel Alves bateu todos os recordes de versatilidade, ao jogar como lateral, médio defensivo, e extremo direito.

Talvez seja essa a explicação para mais uma vitória Catalã no clássico. Embora o Real tenha jogado com uma pressão muito alta, a movimentação do Barça foi frenética, e a táctica mudava tanto que parecia inevitável que a marcação falhasse em algum momento. Quando o Real parecia ter controlado tudo e achado a fórmula para parar o Barça, tudo mudou, os jogadores movimentaram-se, a táctica já não era a mesma e o antídoto, consequentemente, também não. Enquanto segue a busca por outro plano que possa travar o Barça, os catalães estão livres para executar seu mortal jogo de passes curtos.

Talvez depois deste jogo começam a respeitar a genialidade do Pep Guardiola, e trata-lo como melhor treinador do mundo, e não um simples sortudo que tem em mãos uma geração de jogadores espectaculares, entre eles Lionel Messi, Xavi, Cesc Fabregas, Andres Iniesta, Alexis Sanchis, etc.

Guardiola mudou a sua equipa, mesmo obtendo sucesso, porque sabe-se que manter-se no topo é mais difícil que chegar lá. Quando o adversário o estuda, e encontra uma forma de trava-lo, o treinador do Barça muda o sistema táctico.

Por isso, de agora em diante, irei simplesmente assistir os jogos sem tentar analisar o que está a acontecer no sistema táctico do Barça durante o jogo.