31 de julho de 2011

Desmaios nas escolas de Luanda




Cento e vinte e três (123) casos de desmaios foram registados no município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, desde o registo do primeiro caso, no mês de Maio.
Registou-se 54 casos nos Institutos do bairro Nova Vida, 43 na escola Tia Marta, 18 casos no PUNIV Sapú, cinco, no Simão Toco, igual número de casos na escola 28 de Agosto e três outros no colégio Soriver.
Essa situação já incomodou, igualmente outros municípios da província de Luanda, para além do registo de outras ocorrências nas províncias de Cabinda e Cunene, está inquietar as autoridades políticas e sanitárias do país.
Durante uma conferência de imprensa dedicada ao balanço do desempenho do Executivo no II trimestre do ano corrente, o ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, Carlos Maria da Silva Feijó, deu a conhecer a inquietação do chefe de Estado em relação a situação.
Segundo o governante, o titular do Interior, Sebastião Martins, foi instado a prestar esclarecimentos detalhados, com brevidade, sobre a situação.
O governo, de acordo com o ministro de Estado e chefe da Casa Civil do Presidente da República, "vai agir com firmeza e veemência, tão logo se conheçam as causas, principalmente se configurar uma acção delituosa".