13 de julho de 2012

Argentinos criam livro que evapora em quatro meses


É lançado por uma editora argentina e impróprio para aqueles que demoram meses a ler um livro.
Chama-se ‘El Libro Que No Puede Esperar’, ou ‘O Livro Que Não Espera’, e de facto não espera mesmo. Esta obra, diferente de todas as outras, é lançada pela Eterna Cadencia, uma editora argentina, e ao fim de quatro meses desaparece.
Segundo os responsáveis, após retirado de uma embalagem, as letras do livro começam a desaparecer ao fim de dois meses. Passados mais dois, restam apenas páginas em branco.
Para chegar até aqui, o grupo de autores argentino, criadores desta ideia, utilizam na impressão uma tinta que evapora ao fim de algum tempo, quando é exposta ao ar ou à luz.
Se não queres perder o conteúdo, deves ler obrigatoriamente o livro durante esse tempo.
Caso seja daquelas pessoas que demora várias semanas a chegar ao fim de um livro, esqueça, este não é para si.